sexta-feira, maio 02, 2008

Cinema...


BABEL

Drama, estados unidos/méxico, 2006. Dirigido por Alejandro González Iñárritu e com roteiro de Guillermo Arriaga.

O longa é mais ou menos o seguinte: Um ônibus de turismo está atravessando uma região montanhosa do Marrocos e, entre os turistas, está o casal de norte-amoericanos Richard (Brad Pitt) e Susan (Cate Blanchett). Não longe dali, os meninos Ahmed (Said Tarchani) e Youssef (Boubker Ait El Caid) brincam com um rifle que o pai lhes deu para proteger a criação de cabras da família. Inesperadamente, um tiro atinge o ônibus e fere Susan. Este tiro vai afetar a vida de várias pessoas em pontos diversos do mundo: nos Estados Unidos, onde os filhos do casal ficaram sob os cuidados da babá mexicana; no Japão, onde um homem tenta superar a morte de sua mulher e, ao mesmo tempo, ajudar a filha surda a aceitar a perda da mãe; no México, para onde a babá leva as crianças; e no Marrocos, onde a polícia começa a procurar os suspeitos de um ato terrorista.

No elenco, além do astros Brad Pitt e Cate Blanchett, há também o Gael García Bernal (Science Of Sleep, Diários De Motocicleta), a ótima Adriana Barraza (Amores Brutos), Rinko Kikuchi e Kôji Yakusho do núcleo japonês. Destaque para as crianças Elle Fanning, Nathan Gamble, Boubker Ait El Caid e Said Tarchani do núcleo marroquino. Ótimas interpretações.


Babel conseguiu ganhar vários prêmios e cativou milhares de pessoa ao redor do mundo, muito disso graças ao roteiro de Guillermo Arriaga, , também pela idealização e competência técnica e artística do diretor Alejandro González Iñárritu.

O filme Babel pode ser entendido como a terceira parte de uma trilogia, a "trilogia da morte" de Iñarritu, sendo que as partes iniciais são os filmes: Amores Perros (Amores Brutos) e 21 Grams (21 Gramas). Também estes filmes são um novelo de personagens desconhecidas que se cruzam ao longo dos seus percursos. De índole dramática, os filmes sublinham a fragilidade das escolhas das personagens e, em última análise, da nossa actuação na vida real.

Apesar de ter recebido algumas crítica, construtivas, claro, apontando para a decaída, por assim dizer, desse último filme do diretor em face dos outros, acho um ótimo filme e uma excelente dica para uma compra do DVD. Comprem ou loquem, mas assistam. Os três filmes, Amores Brutos, 21 Gramas e Babel.

4 comentários:

Fongans Art´s - Carlyson Geijine disse...

Hum,... estou esperando um colega me emprestar!
Ouvi bons comentários sobre ele!!!
Deve ser bem interessante!!!

:D

Fongans Art´s - Carlyson Geijine disse...

olha... mudei o dominio do blog... agora é: http://mundofarts.blogspot.com/

flws!!!
tá o mesmo blog só com o layout mudado!!!
Flws!!

ray lacerda disse...

Este filme é ótimo, ele nos joga em quatro situações distintas,aparentemente, mas estão completamente ligados.
A diferença cultural e a falta de cominicação é muito bem retratada no filme.

ray lacerda disse...

gtu