sábado, agosto 29, 2009

70

Procurando nos pensamentos antigos certamente acharemos coisas boas. Sentimentos, vontades falecidas e que agora podem voltar à vida, necessidades e, quem sabe, até o caminho correto a seguir.

10 comentários:

Bruno Monteiro disse...

Isso é.

Pequena Poetiza disse...

eu ainda prefiro que coisas fiquem enterradas
mesmo sabendo que nem sempre é o mais saudável a se fazer

beijos

Mariana Vital disse...

Isso, isso, isso.
Quais são os seus adormecidos???
=]

José Minervino Neto disse...

Por isso sou saudosista assumido.

P.S.: Foi muito bom apertar sua mão naqueeeele dia, mesmo. Oxalá nos encontremos mais para uma prosa mais demorada. Abraço-te.

Wenndell A. Amaral disse...

Agradeço por cada palavra de vocês. É um pouco bom saber que alguém lê isso aqui.

Ah, Mariana, minha namorada, meus adormecidos o que? Pensamentos? Acho que tenho poucos, tenho mais é vontades mortas, acho. Mas as coisas antigas encontro coisas boas sim, e isso não quer dizer que nas novas também não encontro, encontro sim, também. Estou sendo prolixo, rs. Ainda estou tentando achar o caminho correto a trilhar.

Minervino, vamos esperar o dia, um dia ele chega. rs.

Mariana Vital disse...

Hum, sei ... acho que entendo vc. =]

GAbiRu disse...

caramba, quanta gente...

GAbiRu disse...

ei, vamoe fazer um blogue de alagoanos? ou, caso exista, posso participar? é meio chato dividir assim [alagoanos/ nao-alagoanos], mas gostaria de participar de algo que envolvesse envolvidos [hauauauha] com nosso estado.

Wenndell A. Amaral disse...

Gabiru, não estou te reconhecendo, a gente se conhece, gostaria de saber.

Mas, sobre a sua ideia, sigo que já existe um blog/site assim, não sei se é o do jeito que você está pensando. O Tempo Moderno. Acesse ai: www.tempomoderno.net

Caso queira participar, fique à vontade.

Wenndell A. Amaral disse...

Gabiru, não estou te reconhecendo, a gente se conhece, gostaria de saber.

Mas, sobre a sua ideia, sigo que já existe um blog/site assim, não sei se é o do jeito que você está pensando. O Tempo Moderno. Acesse ai: www.tempomoderno.net

Caso queira participar, fique à vontade.